LOGO_IPSC_RFL_SGN

IPSC

A IPSC – International Practical Shooting Confederation foi criada para promover, manter, evoluir e aprimorar o esporte de tiro, para salvaguardar seu princípios e regulamentar a prática a nível mundial e para cultivar o uso seguro e recreativo de armas por pessoas de bom caráter.

A arte de “tiro ao alvo” pode ser encontrada deste a Idade Média, mas somente a partir do século XIX realmente se desenvolveu como esporte. Nestes 200 anos, atiradores juntaram-se em diversas organizações, a nivel local, nacional ou mundial, para praticar, aperfeiçoar e perpetuar o esporte de tiro.

O Tiro Prático como esporte se originou no sul da California nos anos 50. Inicialmente, as provas eram desafios que envolviam sacar a arma rapidamente, vencer ou contornar obstáculos de modo a poder visualisar os alvos. Em 1976 foi fundada a IPSC (Internetional Practical Shooting Confederation) por representades de nove países onde o esporte começava a se popularizar. O Coronel Americano Jeff Cooper (falecido em 2006), que é considerado o “Pai” do esporte, foi eleito como primeiro presidente da IPSC. Neste evento, conhecido como “Conferência de Columbia”, foi dado início a criação de um corpo administrativo e ao processo de padronização e divulgação das regras.

O IPSC é um esporte dinâmico e desafiador, que exige que o Competidor execute suas habilidades de tiro com velocidade e precisão utilizando armas com potência ajustadas ao regulamento. Além de o atleta ter que se movimentar constantemente, a distância dos alvos e as configurações de cada pista são sempre diferentes.

As competições de IPSC são organizadas levando em consideração o Motto da prática:

“Diligentia, Vis, Celeritas” (DVC) – Precisão, Potência e Velocidade

Na competição, o árbitro (Ranger Officer – RO), sinaliza o inicio da série e acompanha de perto o Competidor a fim de zelar pela segurança e pelo cumprimento das regras. A pontuação da pista é obtida dividindo-se a soma total de pontos obtidos pelo tempo gasto para completa-la.

Atualmente a IPSC organiza e regulamenta as provas de IPSC em diversas modalidades, Handgun (Armas Curtas), Rifle (Armas Longas), Shotgun, entre outras, que são promovidas em mais de noventa países, ou Regiões, da Argentina ao Zimbábue. Todos os anos os Diretores Regionais destas Regiões se reúnem para a Assembleia Geral da IPSC.

O Brasil, ao longo dos anos, vem ocupando lugar de destaque no ranking mundial das Regiões, medido através do número de participantes ao longo do ano em provas promovidas e realizadas dentro de cada Região.

Modalidades

As competições de IPSC são divididas conforme o tipo de equipamento utilizado, ou Modalidades.

Handgun – modalidade disputada com armas curtas como pistola e revolver.

Rifle – modalidade disputada com armas longas, de cano raiado, de fogo central (centerfire), podem ser utilizados os calibres .38 SPL, .40 S&W, .30 M1 Carbine e 44-40.

Minirifle – modalidade disputada com armas logas de fogo circular (rimfire), cano raiado e limitada ao calibre .22LR.

Shotgun – modalidade disputada com armas longas, de cano liso, sendo o menor calibre permitido o 20.

Action Air – modalidade disputada com armas airsoft, ou de ar comprimido.

Divisões, Equipamentos e Categorias

A IPSC separa os Competidores em diferentes Divisões, de acordo com o tipo de equipamento utilizado. Diferencia também os Competidores por faixa de idade e gênero, atravéz das Categorias. Finalmente, dentro de cada Divisão, os Competidores são agrupados por Classes, representando o nível competitivo de cada um. As Divisões mais populares são:

Divisão Open

Nesta Divisão não há limites para as modificações feitas no equipamento (arma) e podem ser utilizadas miras óticas eletrônicas. Os calibres normalmente utilizados são o 9x23mm ou o .38 SuperAuto. Em armas longas, podem ser utilizadas lunetas com ou sem aumento, “red dots”, compensadores, etc.

Divisão Standard

O equipamento pode sofrer customizações mas há limitações com relação ao tamanho físico. Não é permitido o uso de mira ótica ou eletrônica. Os calibres normalmente utilizados são o .40 S&W e o .45 ACP.

Divisão Production

Esta divisão abrange equipamentos praticamente originais de fábrica, com poucas ou nenhuma customização. Há uma lista na IPSC com marcas e modelos de armas autorizadas para esta Divisão. Outro fator importante, diferente das outras divisões, é a limitação do número de munições que podem ser utilizadas em cada carregador. Os calibres normalmente utilizados são o

9x19mm (este apenas por agentes Militares ou Federais autorizados), .40 S&W, .38 SuperAuto e .45 ACP.

Divisão Revolver

São utilizados Revolver com cilindro de capacidade de 6 disparos. Customizações são aceitas. Os calibres normalmente utilizados são o .38 SPL, .40 S&W e .45 ACP.

Divisão Classic

Recém criada, é disputada com uma pistola modelo 1911, com poucas modificações aceitas em relação ao modelo original. Esta divisão vem crescendo com a adesão de um número cada vez maior de Competidores.

Divisão Light

Esta divisão somente é utilizada em competições no Brasil. Esta divisão utiliza o calibre .380 ACP. Vale-se das regras da Divisão Standard, porém com um Fator de Potência mínimo reduzido.

Divisão Iniciante

Esta Divisão, utilizada somente pela FPTP, tem a finalidade de permitir aos Competidores que estão em seu primeiro ano de competições a oportunidade de ser avaliado e premiado junto com outros Competidores também iniciantes. O calibre mais utilizado nesta divisão, pela facilidade no aprendizado e disponibilidade do equipamento, é o .380 ACP.

Categorias

As Categorias utilizadas são a Overall, Junior (Competidores até 18 anos), Lady, Senior (Competidores entre 50 e 60 anos) e SuperSenior (Competidores acima de 60 anos).

Classes

As Classes utilizadas na FPTP são ligeiramente diferentes das utilizadas pela IPSC e pela CBTP, conforme a tabela abaixo:

Classe Master: acima de 85% em Overall

Classe A: de 75.00% a 84.99% em Overall

Classe B: de 60.00% a 74.99% em Overall

Classe C: de 0% a 59.99% em Overall

Além disso, apenas na Divisão Standard a Classe é utilizada. Nas outras Divisões, todos os Competidores utilizam a Class U (Unclassified).